quarta-feira, 17 de junho de 2015

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Projeto Hinos


   Visando assegurar o cumprimento da lei 5.700, de 01/09/1971. E a partir de 22 de setembro de 2009, o Hino Nacional Brasileiro tornou-se obrigatório em escolas públicas e particulares de todo o país. Pelo menos uma vez por semana, todos os alunos do ensino fundamental devem cantá-lo. É o que manda a lei.
    Sendo assim os professores tem trabalhado em sala com a letra do hino, tendo como objetivo: compreender o real significado do Hino Nacional Brasileiro; Estimular o amor e respeito pela sua pátria; Desenvolver noções de cidadania, e os nossos deveres como brasileiros.



 




sexta-feira, 8 de maio de 2015

Apresentações Dia das Mães 2015

Nessa sexta feira dia 08/05/2015, foi o dia das mães da Escola Municipal Professora Oliva Enciso serem homenageadas por seus filhos, tudo feito com muito carinho pelos alunos e professores.
Nosso desejo Mamães é que vocês possam ir bem em tudo o quanto fizerem. Parabéns pelo seu dia.


Homenagem às mães
Mãe, amor sincero sem exagero.
Maior que o teu amor, só o amor de Deus...
És uma árvore fecunda, que germina um novo ser.
Teus filhos, mais que frutos, são parte de você...

És capaz de doar a própria vida para salva-los.
E muito não te valorizam...
Quando crescem, de te esquecem.
São poucos, os que reconhecem...

Mas, Deus nunca lhe esquecerá.
E abençoará tudo que fizerdes aos seus...
Peço ao Pai Criador que abençoe você.
Um filho precisa ver o risco que é ser mãe...
Tudo é cirurgia, mas ela aceita com alegria.
O filho que vai nascer...

Obrigado é muito pouco, presente não é tudo.
Mas, o reconhecimento, isso! Sim, é pra valer...
Meus sinceros agradecimentos por este momento.
Maio, mês referente às mães, embora é bom lembrar...
Dia das mães, que alegria é todo dia.
J.Bernardo


FOTOS DAS  APRESENTAÇÕES


















PROJETO BULLYING

O que é Bullying

Bullying é uma situação caracterizada por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo inglês refere-se ao verbo “ameaçar, intimidar”.

Grande parte das pessoas confunde ou tende a interpretar o bullying simplesmente como a prática de atribuir apelidos pejorativos às pessoas, associando a prática exclusivamente com o contexto escolar. No entanto, tal conceito é mais amplo. O bullying é algo agressivo e negativo, executado repetidamente e ocorre quando há um desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas. Desta forma, este comportamento pode ocorrer em vários ambientes, além da escola: em universidades, no trabalho ou até mesmo entre vizinhos.

Basicamente, a prática do bullying se concentra na combinação entre a intimidação e a humilhação das pessoas, geralmente mais acomodadas, passivas ou que não possuem condições de exercer o poder sobre alguém ou sobre um grupo. Em outras palavras, é uma forma de abuso psicológico, físico e social.

Falando especificamente do ambiente escolar, grande parte das agressões é psicológica, ocasionada principalmente pelo uso negativo de apelidos e expressões pejorativas criados para humilhar os colegas. O papel da escola é informar aos professores e alunos o que é e deixar claro que o estabelecimento não admitirá a prática – “prevenir é o melhor remédio”.

Claro que não se pode banir as brincadeiras entre colegas no ambiente escolar. O que a escola precisa é distinguir o limiar entre uma piada aceitável e uma agressão. Ao perceber o bullying, o professor deve corrigir o aluno. Em casos de violência física, a escola deve tomar as medidas devidas, sempre envolvendo os pais. Bullying só se resolve com o envolvimento de toda a escola - direção, docentes e aluno - e a família.

PALESTRA COM OS ALUNOS DOS 6°ANOS

PALESTRA COM OS ALUNOS DOS 6°ANOS
PALESTRA COM OS ALUNOS DOS 6°ANOS

FESTA JUNINA - 2013

FESTA JUNINA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA OLIVA ENCISO 2013



A festa Junina é uma tradição consagrada e rica da cultura popular, que contribui para a aprendizagem dos alunos.

A Escola Municipal Professora Oliva Enciso realizou no dia 08/06/2013 (sábado) a sua tradicional Festa Junina.

O tema da Festa deste ano foi - Festa Junina no Sítio do Pica - Pau Amarelo, foram realizados trabalhos na sala de aula, na biblioteca, na sala de recursos e na sala de informática de forma interdisciplinar.

A direção, coordenadores, equipe de professores, alunos e funcionários participaram da preparação da decoração e sua montagem, nos ensaios e nas apresentações culturais .

Tivemos um bingo na hora do almoço com muitos prêmios.

O evento foi grandioso, pois contou com a participação efetiva de todos os segmentos da comunidade escolar.

A direção da escola agradece o empenho e a colaboração de todos, onde não teria se tornado possível o grande sucesso já consagrado da nossa Festa Junina.

PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE

PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE
PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE

AS DANÇAS DE NOSSA FESTA

AS DANÇAS DE NOSSA FESTA
AS DANÇAS DE NOSSA FESTA

ALUNOS E PROFESSORAS DO PRÉ MATUTINO

OLIVA ENCISO NO DIA DO DESAFIO- 2013

Dia do Desafio 2013 – Você se Mexe e o Mundo se Mexe Junto”

A Escola Municipal Professora Oliva Enciso realizou no dia 29 de maio de 2013 o Dia do Desafio na quadra da escola, com uma atividade física de alongamento preparada pelos professores de Educação Física nos períodos matutino e vespertino, realizando um alongamento com os alunos, professores, funcionários, pais, coordenação e direção após a acolhida. A atividade foi um sucesso, todos gostaram da atividade diferenciada e saudável.

A escola participou do evento onde as cidades de Campo Grande e Dourados venceram suas adversárias no Dia do Desafio 2013, evento destinado a mobilizar o maior número de pessoas na prática de atividades físicas em competições entre cidades da América Latina, reunidas de acordo com a população. A capital de Mato Grosso do Sul teve adesão de 26,52% da população e superou Araucania, no Chile, que mobilizou 2,43% dos moradores. Dourados teve adesão de 60,76%, contra 3,84% registrados na cidade chilena de Bío-Bío.

As outras duas cidades sul-mato-grossenses que participaram do Dia do Desafio 2013, Aquidauana e Três Lagoas, perderam seus respectivos confrontos. Aquidauana (20,24%) teve mobilização menor do que a cidade pernambucana de Trindade (55,88%), enquanto que Três Lagoas (35,56%) perdeu para a cidade cubana de Las Tunas (40,7%).



DIA DO DESAFIO - 2013

DIA DO DESAFIO  - 2013

PARTICIPAÇÃO DAS MÃES NO DIA DO DESAFIO

PARTICIPAÇÃO DAS MÃES NO DIA DO DESAFIO
PARTICIPAÇÃO DAS MÃES NO DIA DO DESAFIO

PROFESSORA SONIA REGINA E OS ALUNOS

PROFESSORA SONIA REGINA E OS ALUNOS

A PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS E PROFESSORES DO VESPERTINO

A PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS E PROFESSORES DO VESPERTINO

PIBD NA ESCOLA (PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA)

PIBD NA ESCOLA (PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA)

O programa oferece bolsas de iniciação à docência aos alunos de cursos presenciais que se dediquem ao estágio nas escolas públicas e que, quando graduados, se comprometam com o exercício do magistério na rede pública. O objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros mestres e as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o Pibid faz uma articulação entre a educação superior (por meio das licenciaturas), a escola e os sistemas estaduais e municipais.

Em nossa escola recebemos os alunos do curso de Geografia e Língua Portuguesa da UEMS (Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul). Foram realizadas aulas na sala de aula, na sala de vídeo, biblioteca e na sala de informática. Os alunos fizeram visitas na Lagoa Itatiaia, No Parque Sóter e durante as visitas puderam vivênciar na prática o conteúdo trabalhado.

ALUNOS 6°B, PROFESSORES E ESTAGIÁRIOS

ALUNOS 6°B, PROFESSORES E ESTAGIÁRIOS

PIBID e acadêmicos de geografia

O PIBID (Programa de Iniciação à Docência) promovido pela CAPES trouxe à Escola Municipal Oliva Enciso os acadêmicos de Geografia da unidade universitária de Campo Grande∕MS. Atuando conosco desde fins de 2012, eles desenvolvem projetos dentro do Tema Educação Ambiental.No mês de junho, como parte dos projetos, foram promovidas duas aulas à campo, sendo a primeira na Lagoa Itatiaia, onde os alunos do 6ºB manejaram instrumentos clássicos da Geografia como a bússola e o termômetro e receberam, além das instruções e conteúdos das aulas expositivas, palestra do Prof.º Dr.º Roberto Ortiz Paixão sobre a influência de pequenos corpos d’agua no microclima urbano responsável pelo conforto térmico do entorno. A segunda aula a campo foi realizada com os alunos do 6ºD no Parque Sóter, onde dentre outros temas, o Prof.º Dr.º Roberto Ortiz Paixão abordou os inúmeros pontos positivos da reserva natural em meio ao urbano, tanto por abrigar uma nascente quanto pelos demais aspectos ambientais que se inserem no contexto (paisagem, clima, fauna, flora, qualidade de vida, etc.). Neste ultimo caso a aula foi de grande impacto para os alunos que puderam constatar empiricamente as consequências do manejo irresponsável das reservas naturais, pois o parque apresenta elevados níveis de erosão e assoreamento da nascente, além de muito lixo advindo de seus usuários mais desinformados. Percebeu-se que a vegetação esta sob ameaça e que a fauna, com exceção de alguns coelhos e pássaros isolados, é inexistente.Conforme questionário aberto aplicado aos alunos do 6ºB pelos pibidianos antes de iniciar o projeto e repetido após a aula de campo e pesquisa no laboratório de informática acerca dos novos termos inseridos ao vocabulário, foi constatado que o projeto rendeu grandes dividendos. Concluiu-se que a prática é instrumento da Geografia, uma disciplina que não pode ser relegada a teorias ou mapas, de forma que a constatação empírica e o manuseio dos equipamentos serviu para despertar no aluno o interesse em saber e a partir daí, aproximou-o para a construção do conhecimento geográfico onde a reflexão de cada aluno aferiu maior fluidez aos debates sobre o meio natural dentro das cidades e a urgência de uma nova consciência de uso que aponte para o desenvolvimento sustentável. Esta turma que ainda está sob monitoramento pelo projeto concorre através da elaboração de redação sobre o tema a mapas da cidade, bússolas e termômetros.

DIRETORA, DIRETOR ADJUNTO, PROF. ANDRSON, COORDENADOR HENRIQUE E ALUNOS

DIRETORA, DIRETOR ADJUNTO, PROF. ANDRSON, COORDENADOR HENRIQUE E ALUNOS
DIRETORA, DIRETOR ADJUNTO, PROF. ANDRSON, COORDENADOR HENRIQUE E ALUNOS

DIRETORA, PROF. DA UEMS,PROF. ANDRSON, COORDENADOR, ESTAGIÁRIAE ALUNOS

DIRETORA, PROF. DA UEMS,PROF. ANDRSON, COORDENADOR, ESTAGIÁRIAE ALUNOS
DIRETORA, PROF. DA UEMS,PROF. ANDRSON, COORDENADOR, ESTAGIÁRIAE ALUNOS

PROFESSORES, ESTAGIÁRIOS E COORDENADOR

PROFESSORES, ESTAGIÁRIOS E COORDENADOR
PROFESSORES, ESTAGIÁRIOS E COORDENADOR

AULA NA LAGOA ITATIAIA

AULA NA LAGOA ITATIAIA
AULA NA LAGOA ITATIAIA

Alunos em aula de campo

Alunos em aula de campo
ALUNOS EM AULA DE CAMPO

COLETA DE DADOS

COLETA DE DADOS
COLETA DE DADOS

VISITA AO PARQUE SÓTER

VISITA AO PARQUE SÓTER
VISITA AO PARQUE SÓTER

6° B NO PARQUE SÓTER

6° B NO PARQUE SÓTER
6° B NO PARQUE SÓTER